Vida Financeira. Como evitar brigas?

14 jul

Galera este post foi criado com o intuito de ajudar ou orientar, pois é um assunto muito comentado e às vezes até, muito discutido entre os casais.

Antes de começar ressalto que cada casal deve encontrar a melhor maneira de lidar com o dinheiro de ambas as partes, para que todos fiquem satisfeitos. Pois o “Dinheiro” é o motivo que mais causa o fim de relacionamentos, é sério, já foi comprovado! Vou contar o meu caso, que até hoje está dando certo…

Desde à época de namoro, aliás praticamente desde o começo dele, eu e o Alex juntamos os pagamentos e pagamos as contas juntos. Eu que sou mais organizadinha, fiquei como responsável e listo em uma folha (é antigo, mas prefiro, rs) tudo o que agente deve, é importante centralizar td em uma pessoa, mas a outra deve participar.

Esta folha fica em uma pastinha junto com todas as cartinhas de boletos, carnês, etc e tal que recebemos. Eu coloco as contas fixas, as parceladas e tudo o que está pendente, até aquela “pindura” emprestada do amigo. Fica mais ou menos como o exemplo abaixo, é claro que os valores são fictícios, rs:

Agosto! (sempre o próximo mês)

Carro – 500,00
Cartão de Crédito:

  • Sapato – 130,00 (x3)
  • Presente – 50,00 (x2)
  • Roupas – 100,00 (x3)

Aluguel – 200,00
Condomínio – 100,00
Fulado – 10,00
Ciclano – 30,00

E assim vai, todo mês jogo fora a folha do mês passado e faço uma nova, diminuindo as parcelas, incluindo mais coisa, e retirando algumas =). Eu sei que é óbvio, e que tudo isso têm nas faturas que as lojas mandam, mas foi um jeito que encontramos de nos organizar e manter tudo em dia.

Com essa “listagem” das dívidas, sabemos exatamente o quanto virá no cartão, ou pior, se mês que vem, vamos conseguir pagar todas as contas, ou não. É um modo de gastarmos menos, pois sabemos que se gastarmos hoje, não teremos amanhã. É triste, mas é verdadeiro! rs.

JUNTOS, listamos tudo o que vamos pagar primeiro e vamos ao banco. Ou então, ele leva algumas contas pra um banco e eu pra outro, e no final a gente se encontra e arruma os papéis para deixar tudo organizado.

A folha do mês passado eu vou colocando OK, (isso no dia 5), por que às vezes não dá para pagar tudo no mesmo dia ou até no mês, então lá pro dia 10 eu jogo essa dívida pro mês que vem, no papel novo, rs.

As contas pagas eu guardo em uma caixa, sempre em ordem decrescente e separadas por empresa, por exemplo: Todas de Cartão de Crédito, Todas da Facul e assim vai…fica mais organizado, caso dê algum problema e eu precisar de um papel antigo, desta forma vou achar facinho, facinho =P.

O dim dim que sobra vamos gastando juntos, tudo o que cada um gasta (até os detalhes) o outro fica sabendo, é um modo de deixar tudo “as claras” e não gerar desconfiança.

Nós não ligamos muito pra grana, no sentido de quebrar o pau com o outro porque um pagou aquele bar e o outro não pagou nada…Acho que isso não acontece pq a verba é dos dois, e os dois sabem o quanto têm em caixa.

Mesmo antes de juntarmos as verbas, quando saíamos era tudo rachado. Nunca gostei que me bancassem, nem ele, então era tudo divididinho. Quando um não tinha, o outro pagava, e na próxima invertia a história, sem choro nem vela!

Vocês devem estar se perguntando, mas quando começa essa vida financeira à dois? No nosso caso foi no buraco! É, rs, estávamos ferrados com milhões de cartões e sem um puto pra pagar…começamos a juntar as verbas e ir eliminando as contas prioritárias de ambos, as que têm mais juros e etc. Hoje conseguimos quebrar 5 de 6 cartões que tínhamos e este que sobrou é conjunto, ou seja, acabou, acabou!…Fora as outras coisas que conseguimos colocar nos eixos.

Tem gente que marca por dia o que gasta, pra medir o quanto gasta com besteira e o quanto gasta por necessidade. Já tentei fazer, mas não deu certo…hahaha…se der certo com vocês me contam como é, porque essa, também é outra opção. Ficará bem mais organizado do que eu faço.

Bom é isso, só quis dividir com vocês a nossa maneira, para que fique como opção até vocês acharem a de vocês, sendo essa, ou não. Conosco sempre deu certo, nunca brigamos por dinheiro ou contas, e espero nunca brigar, rs.

Seguimos o ditado “Devagar e Sempre”, têm dia que dá e dia que não dá, fazer o quê?! rs

Meus pais já fizeram como eu e o Alex, mas minha mãe controlava os cheques e meu pai soltava eles, então, sempre acabava na briga. Hoje não tem mais cheques e depois da separação da conta conjunta, também não tem mais briga =)

Eles como também outras pessoas que conheço fazem diferente, cada um paga determinadas contas e o que sobrar é dos dois, mas cada um vai comprando e gastando a sua parte no que quiser. Se faltar no meu, o marido ajuda e vice versa. Mais uma opção…

Existem vários sites que dão dicas de como sair do buraco, o Dinheirama é um bem bacana, que traz textos fáceis de entender e não aquela coisa chata e cansativa sobre finanças!

Separei algumas matérias de lá, se puderem deem uma olhada é bem bacana.

Finanças para casais – O começo
Casamento: como manter a unidade financeira do casal?
Conta conjunta?
Livro: Casais Inteligentes Enriquecem Juntos

No caso de vocês é como? Melhor ou pior?

Beijos e até mais.

10 Respostas to “Vida Financeira. Como evitar brigas?”

  1. Navarro 14/07/2010 às 23:35 #

    Olá Vanessa, tudo bem?
    Primeiro, parabéns pelas atitudes em relação ao dinheiro e seus cuidados. Suas atitudes certamente farão muita diferença na conquista de patrimônio da família criada e deixo aqui meus votos de muito sucesso e realização neste sentido! Aproveito para agradecer pelas visitas e indicações de leitura de nosso querido blog Dinheirama.com, sempre aberto e feliz em poder colaborar e contribuir para a educação financeira de nosso país. Sinta-se sempre em casa por lá. Sucesso!
    Abraços.

    • vidadeesposa 15/07/2010 às 0:39 #

      Oi Navarro, vou bem e você?

      Muito obrigada pelos votos, boa parte das coisas que faço hoje, li no blog de vocês, e por isso gosto muito e faço questão de recomendar. Como disse, é uma leitura gostosa e não aquele tédio que sentimos quando ouvimos a palavra “finanças”, rs. Principalmente no meu caso, que não trabalho na área e nem gosto muito desses papos com juros e correção, hehehe.

      Tenho certeza que as matérias que recomendei farão muita diferença na vida, muitas vezes inicial, das meninas que passam por aqui.

      Abraços e obrigada pelo comentário, fiquei extremamente feliz =)

  2. Edleuza Maria Gonçalves e Silva 16/07/2010 às 4:38 #

    Olá Vanessa!!!

    Muito legais as suas dicas!

    Estou casada ha 13 anos e enquanto trabalhei “fora”, nossas contas também eram 100% divididas. Depois que tive a segunda filha, parei de trabalhar “fora” e agora que temos 4 filhos, só trabalho “dentro” mesmo e é o melhor que está tendo no momento. Dá muito certo essa técnica sim e hoje em casa, fazemos do mesmo jeito, não ajudo com dim dim, mas sim, economizando, vendo onde estão os maiores gastos e tentando cortá-los e fazendo a nossa tão amada tabelinha de despesas mensais!
    Vale salientar que para dar certo, tem que haver uma cumplicidade muito boa entre o casal e um não deixar que o outro “fure” a tabela, não trazendo um recibo, esquecendo que abasteceu o carro, que deu um cheque, essas coisas!

    Amei o post e vou continuar lendo.

    Grande beijo,

    Edleuza.

    • vidadeesposa 16/07/2010 às 22:37 #

      Oi Edleuza, tudo bem?

      Fiquei muito feliz com seu post, se fazemos a mesma coisa na área financeira e você está casada à 13 anos, tenho tudo pro meu casamento vingar, ehehe. Brincadeirinha.

      É muito bacana saber que você o ajuda de outras formas, o importante é ajudar, se importar com o marido, com a família no geral e com as filhas(os)…acredito que o amor é a base de tudo, né? Ah, não comentei no blog, mas tenho outras 3 irmãs. É, minha mãe é guerreira assim como você, porque criar 4 filhos nos dias de hoje é barra, tudo é muito caro né?!. Vejo pela minha filha postiça, rs.

      Sobre a cumplicidade, é como você disse se não estiver em sintonia, tudo “desanda”. Tenho várias amigas que “quebram o pau” com os namorados, noivos e até marido, por causa de dinheiro…é fo$#.

      Mais uma vez obrigada por comentar, muita gente tem vergonha, mas eu sei que no fundo têm vontade!! rsrsr

      Abraços e passa sempre, têm post novo todo dia!!

      Se quiser contar alguma história bacana ou sugerir algum tema…estamos à disposição =)

      Beijão

  3. Néia 21/07/2010 às 3:04 #

    Eu li esse livro: casais inteligentes enriquecem juntos (Gustavo Cerbasi)… é maravilhoso!!!
    Eu e o Du tb pagamos td junto… temos nosso caderninho de anotações (que EU controlo, né?) pq ele sempre foi mto mão aberta… mas já mellhorou bastaaaaante!!
    Somamos o que ganhamos e dividimos para as contas… e se sobrar, dividimos para os 2 (se for 100 reais, cada um fica com 50 e assim vai)…
    Tem funcionado até hoje…. rsrs

    • vidadeesposa 21/07/2010 às 18:51 #

      Então menina, você acredita que eu nunca li?! kk…Mas tô lendo agora. O Castro me disse que leu, mas continuou pobre!! Têm que ser ele mesmo….kkk

      É assim que tem que ser, eu acho que quando o compromisso é sério, engloba tudo, até o dinheiro. Têm gente que dá certo, têm gente que não….mas se a nossa forma está dando certo, pra quê mexer em time que tá ganhando né? rs

      O Alex tbm era mão aberta, agora é ele quem me controla!! kkk…É foda poupar, mas é bom tbm.

      Beijosss

  4. Mary : ) 22/07/2010 às 22:12 #

    Aeee Van, vários recados importantes, tá ficando movimentado esse Blog hein? rss

    Eu já comentei com o respectivo sobre esse processo que você faz, mas ele não deu muita bola, disse que eu gasto muito e não ia dar certo, mas eu já avisei que quando casarmos, ele não vai ter escapatória, vai ter que juntar tudo sim, mas ele que vai tomar conta, porque é mais organizado e mão fechada, rssss.

    Algumas contas que temos juntos, tipo o Apê, ai dividimos certinho, mas as outras, difícil, rsss.

    Bjs : )

    • vidadeesposa 23/07/2010 às 8:37 #

      Você viu menina, daqui a pouco vou na Ana Maria Braga, como disse o Ferraro, kkkkk

      hahahahahh, deixa com ele mesmo, daí ele te controla e com o tempo você acostuma a não ser mto gastadeira…heheh….o Alex era o gastadeiro, agora é ele quem me controla, mas eu continuo no comando (com a supervisão dele né) rs.

      Começa assim Mary, o Apê aqui, o carro ali, quando você vê, já está tudo junto….kkkk

      Vai dá certo, você vai ver.

      Bjoss

  5. Cláudia André 14/01/2011 às 14:12 #

    oi Van, bem interessantes as dicas, eu com o meu Alex faziamos assim, juntavamos os dois pagamentos e pagavamos todas as contas, e o que sobrava eu guardava e ia utilizando com o q precisava, sempre entrava o que eu comprava por for (sim eu sou gastona, ou gastadeira)mais sempre comprei o que posso pagar….hj cada um paga o seu (ja q estamos separados) e é uma droga, pq a maior parte fica p mim…agora esta estória de dividir despesas qdo sair???? nem pensar o homem deve pagar a conta sempre!!!!! rsss kd o cavalheirismo??? não sou nada moderna qdo o assunto é esse, gosto de homem de antigamente…rss fazer oq? rs…bjoss

    • Vida de Esposa 17/01/2011 às 11:59 #

      Oi Clauuu

      Isso é, mas no meu caso….se ele paga a conta, também sai do meu bolso, porque a grana é dos dois entende…rsrsrs

      Dá na mesma =/

      Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: