Queimando os Filhos…

17 set

Mãe que é mãe e Pai que é pai, adora queimar os filhos…mas queimar no bom sentido da palavra, né gente?! rs. Às vezes é para puxar assunto com um desconhecido, às vezes é pra lembrar a infância do seu filho, que para eles é sempre a melhor época, e etc..vai entender, hehe

Quando eu e o Alex começamos a namorar, meu pai o ODIAVA. Ele não podia aparecer nem pintado de ouro na calçada de casa, que ele não deixava o Alex entrar…Quem não conhece o Alex, tem uma impressão ruim dele, ou tinha, mas depois acaba se apaixonando pelo jeito “besta” dele ser.

Depois que meu pai começou a gostar do Alex e exigir a presença dele nos finais de semana, nos churrascos e outras coisitas, não demorou muito para ele começar a me queimar.

Tenho um segredo de criança, que eu tinha pavor de Papi comentar. Porque tinha medo da reação do Alex, ou que ele ficasse com nojo de mim…Calma, eu explico…

Eu nasci em Porto Primavera, mas fui registrada em Rosana, pq em Primavera não tinha nem cartório. Vocês já devem imaginar como era a cidade né? Pois bem.

Eu era gordinha e meu pai sempre “me queima” dizendo que eu só comia:

– Quando não estava com uma Pera na boca, estava com duas babanas na mão…sempre comendo e comendo.

Dava um prejuízo nas compras da família, e ele ainda brinca até hoje dizendo que antes de eu casar, ainda dava…kkk….Nunca fui mto fã de doces, meu forte sempre foi salgado e o famoso arroz e feijão =)

A casa onde morávamos era enorme, e meus pais não tinham muitos móveis, lá faz um calor dos infernos e a casa era de madeira. Eu não lembro disto, pq vim pra Campinas com uns 2 anos, eu acho…

Nós tínhamos um quintal com muitas árvores e frutas, eu adorava brincar lá…mas meu pai não gostava muito, pq tinha medo de alguma cobra me picar. Lá tinha muitas é ele tem pavor de cobras, até hoje, hehe.

Sempre que eu podia, fugia pro quintal e lá ia ele atrás de mim…Um vez ele chegou no quintal e viu que eu estava com algo na boca (sempre querendo comer), era um “tatuzinho” como ele diz. Acho que isso +- isso aí em baixo:

 

(foto baseada nas descrições dele)

Ele correu e enfiou o dedo na minha boca, do canto para o meio, afim de tirar o bicho, e adivinha o que aconteceu? ELE QUEBROU. É quebrou, e uma gosma começou a vazar na minha boca…

Papi ficou desesperado, correu pra casa, lavou minha boca, me deu umas coisas pra tomar e comer e pronto. Estava novinha em folha.

Eu sabia da história, ele me contou várias vezes…e jamais achei que ele fosse contar pro Marido. Pois bem, ele não contou uma vez, contou várias vezes e até hoje, de vez enquanto, ele volta neste assunto e conta novamente.

Na primeira vez que marido soube, tentei evitar, implorando pro papi não contar…mas ele contou. Marido só gritou:

– Que nojo!!! (fez caras e bocas de pavor.)

Na primeira oportunidade à sós, marido disse que jamais me beijaria de novo, pois ficaria lembrando da gosma do “tatuzinho”. E assim ele ficou por alguns dias, depois esqueceu. Mas toda vez que meu pai conta a história, ele fica algum tempo sem me dar umas “bitoquinhas” kkkk

(Papi diz que foi nessa época…eu não era uma gracinha? rs)

(Parece um Buda né? Kkk…Será que eu comia pouco? rsrs)

 

 

E vocês, têm algum segredinho? Já foram queimadas pelos seus pais? kkk

Bjos e comentem! =)

Essas e outras também no Twitter e Facebook

13 Respostas to “Queimando os Filhos…”

  1. Fairy 17/09/2010 às 9:47 #

    Hahahaha! Menina que post apelativo, hein?!
    Achei que era de queimar mesmo.. (loirice mode on)
    Eu sempre fui muito calma (cof cof) e queimei a cozinha, incendiei mesmo quando minha mãe não estava em casa, mas sendo que eu já era grandinha, entón…
    Escuto baboseiras da família até hoje… Sempre gostei de brincar com fogo. (No sentido literal da coisa!)
    Eu destruia os objetos, rabiscava as paredes, chorava feito uma louca, gritava, arrumava confusão. Eu traumatizei minha mãe,coitada.
    Continuo destruindo até hoje, sou muito desastrada… Um problema! Hahahaha
    Beijos e vê se aparece lá, hein?! humpf!
    Hihihi

    • vidadeesposa 19/09/2010 às 17:06 #

      hahahah, imaginei que passaria essa impressão mesmo, foi mal.

      Fogo é perigoso hein, e sua mãe não ficava te vigiando não, pra vc nao se queimar? Que doida….kk

      Eu adorava uma tomada, até que um dia meu pai deixou eu me queimar, dai parou a graça da curiosa aqui, hehe

      Passo sim, eu passo sempre….=)

      Bjoss

  2. Cynthia Barreto 17/09/2010 às 10:14 #

    Ah menina, meus pais vivem me queimando e o pior mostrando fotos…aff! Tem horas que minha vontade é queimar todas…rs!

    Beijos!

    • vidadeesposa 19/09/2010 às 17:07 #

      hahahahaha

      As fotos matam né? Acho que é normal, aqui em casa é o mesmo esquema. Meu pai disse que gosta mais da foto de papel, que essas de hoje não tem como guardar direito….kkk

      Bjoss

  3. Bruna 17/09/2010 às 14:45 #

    Menina do céu, que coisa hein? Sabe que as minhas amigas tem várias histórias cabulosas de comer coisas. Uma bebeu “kiboa” do tanque, outra comeu barata… e eu? Eu comi caco de vidro uma vez e fui parar no hospital! Acontece com todo mundo! Afinal, criança não sabe o que é né?
    Aqui, como eu faço pra mudar essa cor da fonte? pq eu não posto pelo blog, e sim pelo windows writer! mas obrigada pela dica!

    Beijos!

    • vidadeesposa 19/09/2010 às 17:12 #

      hahahah vidro? barata? meu Deus!! Meu tatuzinho é melhor…..kkk

      Vix pelo windows não sei =/, no blog tem a barra de ferramentas que tem a caixa de cores..eu posto direto daqui.

      Bjo Bruna e prazer…=)

  4. Jana 17/09/2010 às 15:48 #

    oi Esposaaa
    Adoro seus posts!!
    mas meu caso é bem pior que o seu:
    Quando eu era nenén a doida da minha mãe (tadinha) me deixou sozinha tomando banho na banheira ( se fosse nos dias de hj ela poderia ser presa pq eu tinha menos de 2 anos)e foi na casa da minha tia que era do lado, pegar alguma coisa e qndo ela voltou, anh??anh?? adivinhem??
    eu tinha feito cocô na banheira e passado td no meu cabelo como se fosse uma massa de modelar, pois eh gente
    e ela contou pro meu marido, eu quase morri de vergonha!
    Ninguém merece!!! kkkkkkkkkkkkkk

    • vidadeesposa 19/09/2010 às 17:15 #

      Oi Janaaaa, antes de mais nada, seja bem vinda a área de comentários….hehe

      Que bom que adora, comenta sempre hein…dai fico te conhecendo melhor =)

      hahahaahahhahahaa, quando comecei a ler a historia, achei que vc tinha se afogado, hehe. Mais diz ae, deu certo? O cabelo hoje é macio? rsrs. Pq eu cortei minha franja no TALO quando era criança e até hoje ela não cresce….kkk…

      Bjooosss e volte sempre =)

  5. Fabiana Friedrich 17/09/2010 às 20:53 #

    Eu acho que a pior queimação da minha vida foi o dia em que menstruei pela 1ª vez.
    Quase toda a familia do meu pai trabalha em restaurante,então eis que naquele dia,fui com minha vó jantar lá no restaurante do titio,quando eu entro no salão vem o titio lááááá do fundo gritando:
    Fabiiiiiii PARABÉNS,sua mãe contou pra gente que vc ficou mocinhaaaaaaa.
    Afffff,pra qualquer pessoa já é terrível,dá a impressão que todo mundo tá vendo aquela coisa enorme (porque o meu 1º absorvente era mesmo)enfiada dentro das calças.
    Imagina a minha cara,queria morrer,por onde eu passava o povo me olhava,fiquei traumatizada.

    Beijooooooossssss

    • vidadeesposa 19/09/2010 às 17:22 #

      hahaaahhhahha, nossaaaaa com minha irmã foi foda tbm. Ela é surda-muda e minha mãe não tava em casa, ela não sabia colocar e colocou a parte que cola na periquita, kkk…dai meu pai me explicou e eu entrei no banheiro para ajudá-la, masssss não foi este aviso geral que rolou com vc. Vc deve ter traumatizado, eu teria tbm, ihihihih

      OBS: Verdade, adsorvente antigamente era quase uma toalha no meio das pernas, ainda bem que hoje tem uns fininhos e mais resistentes, rsrs

      Bjooss

  6. Giovana 19/09/2010 às 20:04 #

    Olá!
    Bem… queimar, queimar não! Sempre fui muito temperamental e não levava numa boa estas “queimadas” dos meus pais… então não me lembro de nada deste tipo.
    Mas achei muito legal o post e dá para sentir que vc tem uma família linda!
    Parabéns!

    • vidadeesposa 21/09/2010 às 12:47 #

      Oi Giiii, bem vinda a área de comentários do “Brog”, rsrs

      Ahh em casa não dá pra ser não, não funciona!! kkk…lá é meio assim “casa ou hospício” sabe? O povo é meio loco, mas no fundo…tudo gente boa =)

      Obrigada por seus elogios é bom ter este retorno das leitoras(es).

      Bjooss e volta mais =)

  7. Mary : ) 22/11/2010 às 21:38 #

    É, essa história é nojenta mesmo…rsss.
    Eu nunca comi essas coisas não, mas os meus pais sempre me queimaram, até hoje me queimam.
    Minhas amigas e o JVT vinham aqui em casa e minha mãe ficava mostrando as fitas de quando eu dançava, uma vergonha só…rss
    Mas é gostoso lembrar dos velhos tempos.
    : )

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: