Amor antigo…

20 jan

Já que hoje é dia do Fusca, tenho uma história recente pra contar pra vocês. Espero que o Luciano Huck esteja lendo e dê uma forcinha, um empurrãozinho…É sempre bom sonhar, ter esperança ué. Quem sabe ele não entra nessa história e realiza o sonho do marido =). Até coloquei no site do Caldeirão, só falta o vídeo que estou terminando, rs.

Já comentei que temos um fusca né?  Ele é o amor do Alex, ele sente mais ciúmes do fusca do que de mim…pois bem.

Janeirão, mês do aperto, resolvemos ir fundo para vendê-lo…digo ir fundo, porque o fusca estava com a placa de vende-se à um tempão. Mas marido sempre desistia ou a gente dava um jeito para não precisar do dinheiro da venda. Na verdade ele nunca quis vender, mas em Janeiro eu o convenci a vendermos de vez, já que o fusqueta está parado, com o documento atrasado, precisando de alguns ajustes, tipo pneu, porta e tal e nós não teremos condições de arrumá-lo agora. Além disso, janeirão várias despesas e precisaríamos do dinheiro de qualquer forma.

Meio contra, ele aceitou. Mostrei o carro a alguns compradores, mas a venda nunca virava. Toda vez que saíamos com o carro para mostrá-lo, ele teimava em não ligar, ou o marido arrumava alguma desculpa para re-marcarmos, ou então o comprador não aparecia no local combinado. Parecia praga…

Eu que não sou boba nem nada, joguei a culpa no marido e reclamei que ele estava gorando a venda do carro, já que ele sempre foi contra. Pra se livrar da acusação, ele cadastrou o fusca no mercado livre. Tudo bem, perdoado!

Choveu de compradores…gente querendo trocar por moto, gente querendo trocar por carro mais velho, gente querendo trocar por vídeo game e outros produtos, gente querendo pagar o valor com material de construção! Sim, juro que é verdade, rs….nessa brincadeira de tantos compradores conhecemos o Washington e a Aline. Como nós éramos as negociadoras, nos tornamos super amigas. Eles foram em casa, viram o carro, e ele adorou. (o carro era pra ele)

Pensaram, conversaram e disseram que ia ficar. Negociamos valores, transferência…tudo nos conformes. Todo mundo feliz, menos o marido…mas tudo bem, afinal a causa era nobre e as dívidas precisariam ser pagas urgentemente.

Combinamos de ir levar o carro em um sábado de manhã, marido já disse que não iria junto. Reclamei, falei que era ceninha, mas tudo bem, meu pai me acompanharia…afinal eu não poderia ir sozinha. Ia deixar o carro, como é que eu voltaria depois?

Chegou o dia e quando me dirigi a garagem vi uma cena que jamais vou esquecer. Tentem imaginar:

– A capa do fusca estava jogada ao vento. Marido dentro do carro, sentado no banco da frente olhando tudo, o teto, os bancos, o painel, o assoalho…tudo! Dava pra ver que ele estava longe, triste, recolhido em seus pensamentos.

Me aproximei e perguntei:

– O que foi amor?
– Estou me despedindo! Ele disse num tom…calmo, mas triste, como se o fusca tivesse morrido e ele não teria feito nada pra ajudar.

Nossa, me senti muito mal. Eu sabia que ele gostava do fusca, mas não imaginava que seria tanto. Fiquei triste, arrependida, me deu vontade de não levar o carro e presentear o marido com o fusca dele. Mas eu não poderia fazer isso, já tinha combinado, não sou do tipo que “arrega”. Cumpro meus compromissos e se eu disse que venderia, teria que vender!

Chegamos no meu pai e o Alex estava abatido, não conversava, não puxava assunto…contei pro meu pai e ele o aconselhou, dizendo para não se apegar aos bens materiais, que carros vem e vão, e que a gente tem que pedir a Deus que ele acompanhe o novo comprador. Que depois poderíamos comprar outro, melhor, mais bonito, mais novo e tal….falou pro Alex ir comigo, para dirigir pela última vez.

A casa da Aline era longe da minha, eu fui no celta e ele no fusca…Acelerando, rasgando tudo, parecia que queria fundir o motor (pra não vender) de tanto que acelerava e corria….estava dando um “pau” em mim, de fusca!. Chegamos lá o Washington sentou no carro para levá-lo ao pintor. Marido quis ir junto.

Sabe quando você pega o brinquedo de uma criança e dá pra outra. E o verdadeiro dono fica olhando o outro brincar com o brinquedo dele?! A cena era essa.

Os dois saíram, eu e minha querida amiga Aline ficamos lá falando de “N” assuntos…eles voltaram e o Washington estava na dúvida, o pintor disse que o carro estava com massa na porta que ele teria que cobrar mais caro para deixar do jeito que ele queria….Pra resumir o papo, ele ficou de dar a resposta no outro dia.

Paramos no posto em silêncio, quando marido soltou:

– Falei que era melhor eu não ter vindo. Agora você vai dizer que eu gorei de novo. Não respondi, porque fomos sinceros com o Washington, nós sabíamos que ele iria gastar e o avisamos que nós já havíamos gastado mais de 3 mil só em reforma, fora o valor pago na compra…

Marido voltou na “tranquilidade” dirigindo seu fuscão curtindo a brisa do verão. Fiz uma ultrapassagem e ele tava lá, felizão me deu até uma risadinha…E eu? eu fiquei pensando, avaliando as possibilidades da atitude que eu ia tomar em breve. Sou bem assim, pé no chão, realista, coloco tudo na balança antes de decidir o que pretendo fazer…dificilmente ajo na loucura!

Chegamos em casa e eu o avisei:

– Agora quem não quer vender o fusca sou eu, vamos pegar um empréstimo e resolver o problema. Coloca este fusca na garagem!
– Porque?! Ele respondeu assustado, ou desacreditado do que eu havia acabado de dizer.
– Porque não gostei de ver você tristão por causa deste carro. Amanhã vou falar pra eles decidirem de vez, porque quero mais vender.

Batata! O Washington tinha desistido da compra e marido estava radiante. Mamis emprestou a verda, o problema estava resolvido e eu tinha um marido radiante em casa. Tem coisa melhor?!

E o fusca? O fusca tá lá, paradinho, com a capa protetora, do jeitinho que meu marido gosta. Com esse rolo todo tivemos várias coisas boas:

– Conheci duas pessoas super legais, serão amigos eternos.
– O Washington queria comprar o carro e pintar de preto. Gostamos da ideia e o faremos assim que der, mas será preto fosco.
– Hoje soube que o Washington conseguiu comprar um fusca super em conta e “inteirão” por dentro e por fora. Tá todo feliz já que pagou super barato pelo estado de conservação do carro, eu vi as fotos, está bom mesmo!

Dia 30/01 vamos com nossos novos amigos no encontro de carros antigos no Galleria Shopping, mas cada um com seu fusca 😉

Agora pra fechar essa história de final feliz, faça uma boa ação. Copie a frase abaixo e cole no seu Twitter…quem sabe o Luciano não leia o texto e ajude o Marido a realizar seu sonho:

@huckluciano Lê essa história e leva o Marido pro Lata Velha http://bit.ly/LataVelha

Beijos e obrigada de coração * Van *


Acompanhe o Blog através das Redes Sociais:

Tem msn? Adiciona eu aí! =)

Anúncios

11 Respostas to “Amor antigo…”

  1. Valéria Pinheiro Ferreira 20/01/2011 às 15:18 #

    Muito legal…

    Ahhh ainda estou esperando a receita da trufa e do mousse…..

    bjus

    VALÉRIA PINHEIRO FERREIRA

  2. Guto 20/01/2011 às 16:05 #

    Fala Van, eu ia comentar nos ultimos post, mas deu preguiça, vai tudo em um huasuhsauhsa.

    E com o português horrível também, uhashuas. PREGUIÇOSO.

    Po contar da caganeira foi sacanagem, SUA NOJENTA hashusa.
    A receita do pão foi fera, se aplica em várias situações se é que me entende uhasuhsahua.

    E esse do fusquinha, lembro do orgulho de vcs quando compraram o fusca, vc se desfez da bizinha, os 2 mo orgulhosos, não tem que vender mesmo, digamos que sela o amor de você dois, sacrificios são necessários para guardar algo importante :). Até um carro rsrs.

    Parabens bjsss queridaaa

    • Vida de Esposa 21/01/2011 às 14:51 #

      nossa onde você viu este preguiçoso? Procurei, mas não achei, hihih.

      Adorei sua frase sobre o fuscão, você anda mais romantico, o que aconteceu com aquela grosseria toda? rsrsrs…ta amando né?

      Ah obrigada mesmo pela força no twitter tbm =)

      Beijoss e bora marcar o goró

  3. Daniel 20/01/2011 às 16:42 #

    Nossa Van e Alex… até me emocionei com a história.. Pode virar filme (curta)!! Vcs me vendem o roteiro? Bjos! Mt saúde e sucesso! Saudades.

    • Vida de Esposa 21/01/2011 às 14:49 #

      Daniiiiiiii

      Vc tá falando sério ou tá me zuando?? rsrsrs….claro que te vendo e baratinho ainda…..

      Saudade de vc hein, como estão as coisas? Espero q td bem!

      Se cuida tbm.

      Bjãoo

  4. Angelo 20/01/2011 às 16:54 #

    Eu passei por isso quando vendi minha moto! e até hoje vou nesse amigo que comprou dar umas voltaas de vez em quando e ainda chamo a atenção quando vejo algum risco!
    Mas são coisas da vida!
    Afinal doto veiculo tem um nome, qual o nome do fuscão?
    A minha moto era a “Perereca”.
    Show de bola o post, ae Luciano, da uma força ae.

    • Vida de Esposa 21/01/2011 às 14:44 #

      Oi Angelo,

      Obrigada pela força viu =), sobre o nome, quando compramos chamávamos de Bob depois passou a ser Fusqueta, rs

      Beijoss e é isso mesmo, dá umas broncas no seu amigo…tem que cuidar direitinho da moto ué?!

  5. Audeni 20/01/2011 às 17:38 #

    Olha, logo que comecei a ler já fiquei com o coração apertado, me colocando no lugar do seu marido!!!

    Desculpe, mas … que bom que não deu certo a venda, rsrsrs

    Quando chegar a hora de vendê-lo, seu marido saberá!!!

    Beijos

    Audeni

    • Vida de Esposa 21/01/2011 às 14:43 #

      Oi Audeni

      Tbm tive essa sensação….que bom que não vendemos, rsrs.

      Beijos e recebi seus emails….vou publicar!

  6. Cláudia André 21/01/2011 às 14:35 #

    oi Van, obrigada pelo carinho…ai menina eu não consigo mudar a descrição do opo de jeito nenhum, já tentei mais não consigo, tava numa cor clara mais fui colocar em uma cor escura p ver como ficava e me estrupiei de vez…mais vou tentar novamente…bjoss

    • Vida de Esposa 21/01/2011 às 14:48 #

      srsrs

      Vix, pior que tbm sou ruim no design…se soubesse já tinha dado um jeito no meu topo tbm, rs.

      beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: