Tag Archives: briga

A 1 Briga!

8 jul

Não queria citar brigas neste blog, mas a pedido de muita gente, vou ser obrigada, kk!! Por incrível que pareça, depois que casamos as brigas diminuiram drasticamente, as nossas implicações e discussões nem entram neste quesito, porque já é normal pra gente…hehe…nem consideramos como briga, mas quando brigamos…nós brigamos meu bem! O tempo fecha e a casa cai…

Ótima dica essa acima! Avalie todos os pontos antes do SIM

Todo mundo sabe que casar não é um mar de rosas, têm que ter a tal PACIÊNCIA (muito recomendada no dia do casamento, né Padrinhos, rs), afinal agente fica sobre o mesmo teto! Não é mais como na época de namoro, que no final cada um vai pra sua casa e depois resolve por tel, msn ou no dia seguinte. O buraco é mais embaixo “neguinho”…você têm que dormir na mesma cama, com a mesma coberta, e com aquela vontadezinha de esganar o companheiro!

Antes de começar vou revelar porque moramos em um AP de 2 quartos: o Alex exigiu! Pois caso brigássemos ele teria a opção de dormir no outro quarto, à base de chaves é claro…Ele tem medo que eu mate ele, ou faça algum mal enquanto ele dorme, hohoho.
Juro que jamais pensei isso! (só às vezes vai =])

Vou contar essa história pra vocês…

Estávamos indo levar a Nicole pra casa, e eu estava no piloto (piloto muito bem por sinal), quando notei que meu recém esposo olhava descaradamente uma menina, com uma criança, e uma amiga com outra criança, elas estavam do lado direito do carro (o lado dele). Tudo bem, eu não ligo que ele olhe (juro) desde me respeite! Olhando discretamente, do mesmo modo que faço! kkk

Mas não sejamos ingênuos, e que a verdade seja dita neste blog! Todo mundo olha, homem e mulher, o problema é que homem é tapado e olha com a cabeça (virando pro trás ou pro lado) e a mulher olha com os olhos! Na maioria das vezes o homem nem percebe que ela estava olhando ou que olhou. Isso não é lindo? =)

Paramos no sinal, e o morfético continuou olhando a menina pelo retrovisor. Ela saiu de foco e ele ficou olhando pra trás, pra ver onde ela foi parar…. Quando achou, continuou olhando pelo retrovisor.

Ele nunca fez isso em 6 anos de relacionamento (se fez nem percebi) e minha vontade era dar um “pedala” nele, mas minha filha postiça estava no banco de trás e eu respeito isso…hehe

Com toda calma do mundo e no intuito de não assustar a criança, soltei:

– Cuidado Alex, vai dar torci-colo.
O “féla” responde
– Deixa dar! Depois volta ao normal….

MEUUUUUUU, vocês não tem noção como fiquei. Vermelha, roxa, tremendo…minha vontade era de bater a cabeça dele no painel do carro. MAS, a Nicole estava atrás…e ele foi salvo!

(que fique claro! Nunca nos pegamos na porrada, é tudo maneira de falar hein.)

Mudei é claro da água pro vinho. Não falei nada, não respondi…deixei rolar, vingança é um prato que se come frio, e eu estava dirigindo….hohoho

Deixamos ela em casa, e eu sai igual ao Felipe Massa, rasgando, acelerando, tirando fininha….como disse, sou piloto!

Ele é claro, ficou com medo, porque afinal ele não confia nos meus dotes automobilísticos! E logo reclamou:

– Vai devagar, tá com pressa?!
(ela nem responde, e continua enlouquecidamente no piloto)
– Você vai entrar ali (era um rua que eu tinha que contornar pra entrar do lado esquerdo da pista…)
– Quem tá dirigindo?? Quem?! (viro pro lado esquerdo, sem fazer o balão! Qdo não tem ninguém não precisa, sou atenta e responsável! Sabia o que tava fazendo…e era de noite)

Ele fica mais puto e nem fala nada! Chegando em casa, ela continua com raiva, porém mais calma. Ele pergunta:

– Quer pão?
– Não!

Troco de roupa, deito na beiradinha da cama e NÃO durmo! É eu sou sensível, fiquei magoada e nem dormi aquela noite! Se tivesse na casa dos meus pais, é claro que eu dormia. Isso só acontece quando agente casa, ok? Ele puxa minha coberta, e dorme profundamente, além de facilmente.

A noite termina assim e no outro dia começa assim também, com meias palavras, sem contatos físicos, sem nada! Ele não vai se redimir, pedir desculpa, pq acha que tá certo, que eu sou neurótica e “causo” por tudo! Ela não vai atrás pq está certíssima como sempre

O dia acaba e chega a noite. Ele puxa um papo e ela quer DR (e não é deitar e rolar) é DISCUTIR A RELAÇÃO. Ele nem cogita a hipótese, diz que não tem nada pra falar, isso é mal de homem…fazem as merdas e acham que o mundo é azul, e que tudo se resolverá sozinho!

Ela fica puta e diz que ele é quem não quer resolver! E que também não vai mais atrás, liga o fo$%-se e como uma boa taurina, possessiva e ciumenta, chora! (de raiva é claro)

Ele é escorpiano, nem se abala! É como se nada tivesse acontecido e nós “estamos”na santa paz de Deus.

Ela não aguenta e começa a falar, falar, falar….diz que ele olhou na cara de pau, que nem respeita ela, que ele é isso e aquilo e porcaria nenhuma!

Ele grosseiramente responde:

– Você sabe o que eu tava olhando?
Ela retruca
– A bunda daquela magricela (eu sou magra, mas ela era a Olivía Palito!)
– Eu tava olhando a calça dela…a calça! Louca, causa por tudo…
Ela retruca outra vez
– Nossa você precisa de óculos, olhou tanto…não tava vendo direito? Se quiser eu marco uma consulta com meu oftalmo (sou mto sarcástica! Faço piadinhas e no final ele ri e agente fica de boa, rs)
– Eu queria comprar aquela calça pra você, tava vendo se ficaria boa, onde será que vendia aquela calça e bla bla…é isso que eu tava vendo!

Ele finge que convence e ela finge que acredita! O climão permanece mais um tempo e depois tudo volta as boas!

AJA PACIÊNCIA….

A calça é essa aí, mas a da bisc&$%% era de oncinha (odeio oncinha), pra acabar de ferrar, rs.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: