Tag Archives: casamento no cartório

Casamento no Civil

11 jan

Boa tarde meus amores!

Estava dias desses conversando com a Fairy e ela comentou sobre o trabalho que estava tendo em trocar seus documentos para os novos, já com o nome de “esposa”…Pensando nisso, resolvi fazer este post!

Pra você que pretende se casar, veja como é o processo. São os relatos de uma vida real…sim, sim, foi o que eu passei para casar no cartório, rs.

– É necessário dar entrada no processo de 30 à 90 dias antes do dia que você pretende se casar.

– No dia em que você for dar entrada, terá que pagar um valor de aproximadamente 300,00 à vista! É necessário também levar duas testemunhas com os respectivos documentos. Este valor está incluso toda a parte burocrática, além do edital de proclamas que sai no jornal…calma, eles te avisaram o dia que será publicado. Vê se compra e guarda, “misinti” vendo meu nome lá, hohoho.

– Você fará toda a parte burocrática neste dia. No dia do seu casamento você só “pagará de gatinha” e assinará o papel ;-P.

– Atualmente não é obrigatório a mulher levar o nome do marido e vice-versa, porém se desejar, deverá passar o novo nome no dia do processo e alterar TODOS os seus documentos. O marido deverá alterar até a carteira de reservista!

– Eles vão agendar um dia para você ir até o cartório escolher a hora do casamento. Cheque cedo! Eu cheguei às 7:00 e consegui marcar o casamento para às 9:00. Quem chegou às 6hs e pouco, conseguiu marcar o casório para mais tarde…umas 10:00 / 10:30. O que é ideal, assim os padrinhos não madrugam e não te xingam…hehe. Por falar nisso, neste mesmo dia você deverá levar o nome completo e rg de todos os padrinhos.

– O número máximo de padrinhos é 4 de cada lado. Sim sim, tive 8 padrinhos…imagina quando casar no religioso, kkk.

– Os documentos que você terá que levar é certidão de nascimento original, rg e comprovante de endereço (onde prova que vc irá casar naquele cartório). Se já foi casado, deve levar o divórcio original! Ah, a certidão de nascimento ficará com eles…

– No dia do casamento, você terá que chegar 15 minutos antes e ficar atento, porque aqui teve uns 20 casamentos…é muito rápido, cerca de 15 – 20 minutinhos e você estará casada!

– Ah, aqui teve uma equipe de filmagem. Eles filmam o casamento e quando você sai, eles oferecem a venda…acho que foi 80,00, mas ganhei dos padrinhos =)

– No local onde é realizado o casamento, máquinas e filmadoras é autorizado. Pode levar…

E o principal, nada de fazer piadinhas! Olha o que o marido perguntou pro juiz na hora de colocar a aliança no meu dedo:

– Agora não posso mais desistir né?

Mal lembro o que o Juiz respondeu, porque dei aquela olhada pro marido do tipo “eu te mato, seu $#$%@@%&%” e ele respondeu rindo “Não, não. É brincadeira…”

Algumas fotos…Reparem na quantidade de padrinhos…no marido suando frio…na hora que ele faz a piadinha…na felicidade pós assinatura e no momento celebridade, posando para fotos (fundo laranja). É, este cartório tem um espaço para você cumprimentar os padrinhos, tirar fotos e etc. Bacana né?

Este slideshow necessita de JavaScript.


Ah, nós não mudamos o sobrenome…estava tudo certo para um ter o nome do outro, mas o Alex ficou com preguiça de ter que trocar todos os documentos e eu de pirraça, também não quis o nome dele. O problema é que esses dias fomos no cartório e para trocarmos o sobrenome é muito mais burocrático. Precisamos contratar um advogado para ele fazer a documentação e um juiz liberar. Após isso levar no cartório, corrigir a certidão de casamento e só então conseguimos alterar todos os documentos!

Se soubéssemos disso, tinhamos trocado os nomes no dia do casamento, hehe.

OBS: Essas exigências foram feitas no cartório que casei, aqui em Campinas! O site deles é: http://www.3registrocivilcampinas.com.br

E com vocês aconteceu algum fato diferente? Engraçado? Compartilhe a experiência com as amigas que estão no caminho =)

Vô esperar hein! Beijos Van

 

Acompanhe o Blog através das Redes Sociais:

Tem msn? Adiciona eu aí! =)

Anúncios

Salto Alto – Dica Útil!

27 set

Usado no casamento da Esposa - Blog Vidadeesposa(Peep Toe Preto – Empório Naka – Inverno 2010 – ** Usado no casamento civil)

Sempre tive problemas com saltos, sempre os mais altos e de salto fino. Não conseguia andar naturalmente, além de em pouco tempo com ele nos pés, ficava sofrendo e com vontade de arrancá-los. Preferia a tal “ana bela” ou sandálias/sapatos de salto mais baixo (para ocasiões especiais).

No nosso casamento no cartório, meu vestido era crú e eu, marido e minha irmã Natália, rodamos todos os shopping’s de Campinas, atrás do modelo ideal, chique de morrer! (Falar nisso, A-D-O-R-O este modelo da Sabrina Sato!!)

Rodamos, rodamos e acabei comprando no Empório Naka. Sempre gostei dos modelos de lá, mas nunca comprava. Confesso: o preço “me doía o coração”…MASS como o dia era único, maridão liberou e eu levei pra casa.

Provei um 36, mas o bicho era alto e o 35 ficou melhor…quando fui ao caixa, a moça me deu um novinho…e não o laceado que ficou certinho no meu pé. Fiquei meio apreensiva, mas curti a exclusividade!! (Na loja eles deixam os modelos à prova, mas se você comprar você leva um que ninguém nunca provou…novinho em folha.)

Beleza, eu tinha 1 semana +- para laceá-lo e não sofrer no dia do casamento. Ressalto que o sapato é de couro…de dia ele ficava em casa “abitolado” de jornais (marido colocou umas 3 páginas duplas), à noite quando eu chegava, colocava no pé e ficava andando pela casa. Confesso: dormi algumas noites com ele no pé para ajudar no processo de laceio e adaptação, tive que treinar, kkk

Sabia que existia um líquido que laceava o couro rapidão, mas fiquei com preguiça de ir no shopping  ou centro da cidade para comprá-lo…tinha outras mil coisas para fazer.

No dia do casório ele tava bala, “guentei” firme apesar de cansada, já que não estava acostumada. Depois do casamento, sempre o trocava por outras sandálias, pois ele ainda doía meu pé. Acho que com o tempo, ele voltou ao formato original e a me machucar, hehe.

Até que em um café, minha amiga Sú me contou um segredinho, vou dividir as sábias palavras dela com vocês:

“Van, passa um creme em todo o pé, dos lados, e onde está “pegando”…depois calça o sapato. É tiro e queda, o creme vai secar e o sapato lacear.”


Deu certinho e até hoje ele está balinha, depois deste truque uso ele mais vezes…já fui trabalhar, fui pra barzinho, curtir baladinha e etc . (aproveito para praticar, e agora tô quase a Gisele! hehe). Eu o adoro, acho lindo, chique, mas ficava com receio das bolhas ao usá-lo…


OBS: O creme pode ser corporal ou próprio para os pés.

Foto do look. Indo para o casório, do lado esquerdo Mamis do lado direito mãe da Mamis =)

 

 

__

** Lado esquerdo sem flash, lado direito com flash!

Clica que aumenta!

__

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Curtiram o truque? Já sabiam? Comentem aí…

Beijos!!


 

Acompanhe também, pelo Twitter e Facebook

%d blogueiros gostam disto: