Tag Archives: tipos de por que

O certo é Porque, por que, porquê ou por quê?

10 abr

O uso dos porquês é um assunto muito discutido e traz muitas dúvidas. Com a análise a seguir, pretendemos esclarecer o emprego dos porquês para que não haja mais imprecisão a respeito desse assunto.

Por que

O por que tem dois empregos diferenciados:

Quando for a junção da preposição por + pronome interrogativo ou indefinido que, possuirá o significado de “por qual razão” ou “por qual motivo”:

Exemplos: Por que você não vai ao cinema? (por qual razão)
Não sei por que não quero ir. (por qual motivo)

Quando for a junção da preposição por + pronome relativo que, possuirá o significado de “pelo qual” e poderá ter as flexões: pela qual, pelos quais, pelas quais.

Exemplo: Sei bem por que motivo permaneci neste lugar. (pelo qual)

Por quê

Quando vier antes de um ponto, seja final, interrogativo, exclamação, o por quê deverá vir acentuado e continuará com o significado de “por qual motivo”, “por qual razão”.

Exemplos: Vocês não comeram tudo? Por quê?
Andar cinco quilômetros, por quê? Vamos de carro.

Porque

É conjunção causal ou explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.

Exemplos: Não fui ao cinema porque tenho que estudar para a prova. (pois)
Não vá fazer intrigas porque prejudicará você mesmo. (uma vez que)

Porquê

É substantivo e tem significado de “o motivo”, “a razão”. Vem acompanhado de artigo, pronome, adjetivo ou numeral.

Exemplos: O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada. (motivo)
Diga-me um porquê para não fazer o que devo. (uma razão)

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras
Fonte: Equipe Brasil Escola

 

Bom, acredito que dessa vez ficou claro né?! Gostei dos exemplos usados, rs. Acredito que escrevi vários post´s com os “porque´s” errados, mas tenho certeza que vocês me perdoam né?! rs

Beijos e ótimo domingão pra vocês

* Van *

 

Acompanhe o Blog através das Redes Sociais:

Anúncios

Bolo de Laranja ou Acabaxi?

8 abr

Quarta-feira – 06/04/2011 – Depois das 18:30 +-…

– Você vai pra academia de carro?
– Não sei, por que?
– Porque queria ir no mercado…
– Pode ir então, mas me deixa na casa do Fábio antes.
– Tá.
– Ah, compra uns bolos de caixinha pra gente tomar com café.
– Tá.

Voltei do mercado e marido ainda não tinha voltado da academia, antes mesmo de trocar de roupa e guardar as compras, comecei a fazer o bolo que ele queria. Desta forma, quando ele voltasse, já estaria quase pronto e quentinho. (queria agradá-lo =])

Mas ele chegou antes do esperado e eu ainda estava “batendo” o bolo.

– Bolo de quê?!
– Abacaxi. Comprei de laranja e de chocolate também.
– Hum.

Enquanto ele terminava de bater o bolo pra mim (na intenção de raspar a bacia) eu guardava as coisas no armário.

O bolo assou e quando ficou pronto ele comeu. Perguntei se tinha ficado bom e ele respondeu que sim. No dia seguinte, antes de ele ir para a academia, comeu novamente e tal. Também experimentei e ficou bom mesmo. (Tá, deu uma desmontadinha na hora de desuntar, mas faz parte, hihi)

Daí ontem à noite, ele foi comer o bolinho antes de ir para a academia e comentou:

– Nossa, esse bolo de abacaxi tá com um gosto de laranja. (o marido sempre teve o paladar apurado)
– Ué, por que?

Enquanto ele mastigava para tentar confirmar o comentário, abri o armário e confirmei os sabores que estavam lá.

– Ah amor, eu sei porque tá com gosto de laranja.
– Por que?
– Porque eu fiz o de laranja…o de acabaxi está aqui!

Fiz aquela carinha de “loira” e dei uma risadinha “sem noção”, rs. Ele fez aquela cara de “AFF”, virou as costas e saiu da cozinha.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (tô rindo agora, mas na hora ninguém achou graça da loira aqui.)

Hoje ele estava comentando com os meninos que comeu um bolo de laranja por DOIS DIAS, achando que era de abacaxi, hahahahah. Só casando comigo mesmo, pra ter essa vida tão divertida e bagunçada, hehe.

Ai ai, tenho culpa se eu me confundi.

Beijos e “ótemo” final de semana * Van *

P.S: Quer uma pedaço de bolo de abacaxi aí? Quero dizer…laranja! =)
P.S 2: Amanhã e domingo tem post. Em um deles vou explicar as diferenças do “porque, por que e por quê”. Devo ter escrito vários  post’s de forma errada, mas agora descobri o certo! ha ha…sorry =)


Acompanhe o Blog através das Redes Sociais:

%d blogueiros gostam disto: